Pesquise neste Portal

Receba no E-mail

Arquivo de Posts

Viajar em família não tem idade

Viajar em família não tem idade nem destino certos, o que interessa é planejar bem para garantir dias inesquecíveis com nossos filhos, independente de quantos anos eles têm.
Compartilhe:
Viajar em família

Nossos meninos estão com 30, 18 e 14 anos agora (2018), mas para nós viajar em família não está sendo nenhum problema apesar das idades deles. A única coisa que pesa na hora de planejarmos o próximo destino é conciliar o calendário escolar e do trabalho do mais velho.

Como eles estão em fases bem diferentes – um formado e trabalhando, outro começando a universidade agora e o caçula entrando no Ensino Médio, nem sempre conseguimos viajar os 5 juntos, mas vamos tentando organizar o máximo possível para não deixarmos de lado os planos de conhecer lugares novos com eles.

Em algumas viagens Victor – o mais velho – não pode nos acompanhar e sabemos que muito em breve estaremos viajando apenas com Arthur – o caçula, por isso fazemos de tudo para esticarmos esse tempo que ainda temos para viajar em família.

Nossa próxima viagem será com os 2 mais novos, iremos para Orlando e depois embarcaremos para um cruzeiro Disney e isso gerou espanto em muita gente quando comentamos nosso roteiro.

Disney com meninos de 14 e 18 anos? Sim, por que não? Principalmente com relação a José Ricardo – que tem 18 – qual o mal que tem nele pedir pra repetir um cruzeiro Disney que fizemos quando ele tinha 13 anos?

Marcou tanto a que ficaram pedindo outro e agora chegou a hora, e é isso mesmo, ele está com 18 anos e Arthur com 14 e estão super animados com esse roteiro. Faremos 2 paradas em ilhas no México (Costa Maya e Cozumel) além de Key West e Castaway Cay, essas duas já conhecidas por todos aqui.

Vamos aproveitar que o Carnaval será bem no começo de fevereiro para viajarmos uma semana antes, dessa forma nenhum dos dois terá prejuízos acadêmicos.

Dependendo de como envolvemos nossos filhos no planejamento de uma viagem, independente do destino, eles tomam gosto e dão muitas ideias legais. Como também se enquadram em situações adversas que possam surgir durante a viagem. Tudo depende de como encaramos as coisas e a tranquilidade que passamos pra eles.

Não vamos nos bloquear quando surgir uma ideia de um destino que possa parecer inadequado para uma viagem em família, o mais importante é pesquisar atrativos para todo o grupo e escolher aqueles que se enquadram nos gostos da maioria e claro que em alguns momentos poderão haver algumas renúncias em prol do grupo, isso faz parte também.

CONTINUE LENDO AQUI O TEXTO NA ÍNTEGRA

Cynara Vianna é editora do Blog Cantinho de Ná

Mais textos do Cantinho de Ná aqui.
Compartilhe:

Blog Cantinho de Ná

Cynara Vianna

Dicas do Expert

Gostou? Comente!:

0 comentário (s):